Círculo Dourado


De uma investigação feita pela TASC (think thank irlandês) sobre o Círculo Dourado dos negócios públicos e privados na Irlanda.

  • “A network of 39 individuals held powerful positions in 33 of 40 top public organisations and private Irish businesses in three of the critical Celtic Tiger years (2005-2007), and held more than 93 directorships between them in these companies during this period; as well as an average of ten directorships each in other companies.”
  • “More than a quarter (eleven) of the 39 members of the Director Network were particularly well-connected. They had ten or more links, via these multiple directorships, to other members of this Network and/or sat on three, four or even fve boards of the top 40 companies simultaneously”
  • “The research demonstrates a signifcant lack of diversity among members of the Director Network; for example, only one in nine directors was a woman. Severe gender imbalance and similarities in world view and experience may lead to persistent ‘groupthink’; that is decision-making that ignores alternative evidence as a result of a group’s desire to reach consensus. One major contributing factor to this is where group members all come from similar backgrounds.”

São os Ulrichs e os Varas lá do sítio. São poucos, homens, provenientes do mesmo meio social e pensam da mesma maneira. Ah! E têm em sua posse, digo eu, uma imensidade de riqueza pertencente a quem produz. O que fazia falta era ir lá buscá-la.

O Círculo Dourado Português

-Mata da Costa: Presidente dos CTT, 200.200 Euros
-Carlos Tavares: CMVM, 245.552 Euros
-Antonio Oliveira Fonseca: Metro do Porto, 96.507 Euros
-Guilhermino Rodrigues: ANA, 133.000 Euros
-Fernanda Meneses: STCP, 58.859 Euros
-José Manuel Rodrigues: Carris 58.865 Euros
-Joaquim Reis: Metro de Lisboa, 66.536 Euros
-Vítor Constâncio: Banco de Portugal, 249.448 Euros (este é que pode pagar
mais IRS)
-Luís Pardal: Refer, 66.536 Euros
-Amado da Silva: Anacom, Autoridade Reguladora da Comunicação Social,
ex-chefe de gabinete de Sócrates, 224.000 Euros
-Faria de Oliveira: CGD, 371.000 Euros
-Pedro Serra: AdP, 126.686 Euros
-José Plácido Reis: Parpública, 134.197 Euros
-Cardoso dos Reis: CP, 69.110 Euros
-Vítor Santos: ERSE, Entidade Reguladora da Energia, 233.857 Euros
-Fernando Nogueira: ISP, Instituto dos Seguros de Portugal, 247.938 euros
(este não é o ex-PSD que se encontra em Angola !! )
-Guilherme Costa: RTP, 250.040 Euros
-Afonso Camões: Lusa, 89.299 Euros
-Fernando Pinto: TAP, 420.000 Euros
-Henrique Granadeiro: PT, 365.000 Euros

Advertisements
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Anarca em Londres  On Sexta-feira, 21 Maio 2010 at 12:48 pm

    No ‘nosso’ novo governo (Britanico), 2/3 dos membros do parlamento foram para as mesmas escola privadas (Oxford, Cambridge) e a grande maioria sao milionários.

  • Teixeira  On Segunda-feira, 24 Maio 2010 at 12:23 am

    Imaginem o subsídio de férias desta gente?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: