A mesma corja em todo o lado

1485

Foto: Protesto contra o BNP

Com as lutas laborais na Inglaterra a assumirem contornos nacionalistas e xenófobos, a corja fascista anda excitadíssima e a tentar tirar dividendos políticos, à sua maneira desajeitada e retorcida. O website British Wildcats, cujo slogan é “Trabalhos ingleses para trabalhadores ingleses” e que aparentava provir da luta dos trabalhadores das refinarias, foi desmascarado no blog Ministry of Truth como sendo da autoria de Simon Bennett, militante do BNP (British Nacional Party), webmaster de vários websites nacionalistas como o da “Association of British Ex-Servicemen”, também ele uma farsa, o do “Christian Council of Britain” e o próprio website nacional do BNP.

A prova surgiu através de uma pesquisa WHOIS no website do British Wildcats que deu o endereço IP  87.117.239.65 e o DNS registado em nome de copperflash.com, propriedade de Bennett.

Do lado da esquerda, as posições são maioritariamente de condenação do aproveitamento do BNP e dos slogans xenófobos. No entanto, dentro das hostes da esquerda há quem afine o discurso pelos nacionalistas. O blog slackbastard fez um apanhado das posições das diversas forças de esquerda que eu actualizei.

“Workers taking action at Britain’s power stations are fighting for jobs, decent terms and conditions and trade unionism’, Carolyn Jones has declared today on behalf of the Communist Party of Britain.” Communist Party of Britain

Stalinists and Socialist Party defend “Britons first” refinery protest

“…This is not about race or prejudice and we are actively challenging any attempt by the BNP to spread their poison. It is about the exploitation of labour, playing one worker off against another.” Respect Renewal

“hundreds of people will be protesting against the British National Party (BNP) in Liverpool. The BNP blatantly twist people’s real concerns to fit their racist agenda; the gist of their recent “protest” at a Black/Minority Ethnic recruitment fair was “Why isn’t there a jobs fair for white people?” A better question would be: where are the jobs for anyone?” Socialist Party

Blame the bosses not ‘foreign workers Socialist Workers Party

Britain: no to the nationalist strikes Workers’ Power

mescalero

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • debate  On Sexta-feira, 13 Fevereiro 2009 at 2:51 pm

    Outras posições:

    The commune :http://thecommune.wordpress.com/2009/02/01/british-jobs-for-british-workers/

    Parece haver bastante discussão na caixa de comentários. Parece que se tem esquecido que os trabalhadores britânicos lutam contra o facto de as sub-contratantes estrangeiras apenas empregarem mão-de-obra estrangeira, em condições laborais abaixo das que tinham conseguido as lutas destes mesmos trabalhadores britânicos, piorando a situação de todos. A deriva nacionalista e xenófoba é apenas uma possibilidade e cabe aos anti-capitalistas intervir para impedir isso.

  • mescalero  On Sexta-feira, 13 Fevereiro 2009 at 4:29 pm

    Obrigado pela ligação, parece bastante interessante.
    Que houve uma deriva xenófoba acho que não há dúvidas. O que não sei muito bem é a extensão que teve, se foram casos isolados ou não.

    Vou ler quando tiver alguma disponibilidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: